Bitcoin vendido por até R$ 100 mil no Irã

0
167

Em meio a uma crise de guerra, muitas áreas são afetadas politicamente. O bitcoin, que deveria está desconectado das tensões políticas mundiais está sendo afetado com a ameaça de guerra.

Na principal plataforma de compra e venda de bitcoins do Irã, a LocalBitcoins – que permite que as pessoas negociem a moeda diretamente sem intermediários – O bitcoin é negociado por preços nunca vistos antes.

A moeda digital é proibida no país, assim, é difícil de ser encontrada, seu preço atual, devido a alta demanda é de US $ 24.000 por bitcoin (R$ 97.603).

Ou seja, um valor muito mais alto que o preço praticado no mercado, que gira em torno de US $ 7.000; isso significa que no Irã o bitcoin está custando 343% mais caro que no resto do mundo.

Este é o maior valor que o bitcoin já foi negociado no Irã. A razão pelo alto preço se deve à ameaça de guerra enfrentada pelo Irã com os Estados Unidos e também devido a depreciação da moeda local.

Pode ser que os iranianos estejam dispostos a pagar muito caro para terem uma chance de ter bitcoin, o que será um porto seguro nas próximas semanas e meses.

Tensões políticas e ameaça de guerra

Houveram várias discussões entre os EUA e o Irã nas últimas semanas que culminaram em um ataque aéreo no aeroporto de Bagdá, ordenado  pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que matou o chefe da força Quds da elite da Guarda Revolucionária Iraniana, general Qasem Soleimani.

Essa ação dos EUA levou o Irã a prometer um contra-ataque, já que as tensões sobre o assunto atingiram um ponto critico.

Isso teve efeitos nos mercados globais em geral, com os preços do petróleo subindo cerca de 3%. O Bitcoin também valorizou e foi negociado acima de US $ 7.000.

Bitcoin é realmente um ativo de refúgio em tempos de guerra?

Vários analistas descartaram o efeito geral da tensão entre EUA e Irã no recente aumento de preço do Bitcoin. Há também analistas que defenderam que a situação afetou sim o preço da moeda digital.

A grande mídia adotou a narrativa de que o bitcoin é um ativo de refúgio durante tempos de guerra, então, vamos entender.

Se a guerra acontecer entre o Irã e os EUA, é provável que a moeda nacional, que já está em queda, caia mais e sofra hiperinflação, se tornando inútil.

Para os iranianos, isso seria prejudicial, então, a alta demanda por bitcoin no Irã mostra que a população quer se proteger e abandonar a moeda nacional

Falando sobre o assunto, o fundador da Messari, uma empresa de análise de criptomoedas, disse que o aumento no preço do bitcoin é aproveitado por detentores que querem liquidar bitcoins para fazer lucros em cima de pessoas desesperadas.

“pode ser iranianos inocentes (e desesperados) procurando uma saída do caos que se aproxima.”

Embora o bitcoin pareça estar se beneficiando diretamente das tensões entre os EUA e o país do Oriente Médio, com valorização de 5% nas últimas 24 horas, o ativo não foi o único.

O petróleo subiu 1,5% poucas horas após o anúncio, o ouro aumentou 1,2% e várias ações subiram em preparação para uma possível guerra no Oriente Médio.

O bitcoin é considerado um porto seguro em tempos de crise. Pelos cidadãos iranianos e norte-americanos apanhados em uma batalha pela supremacia entre as duas capitais, rezo pelo melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here