Em um relatório sobre os rankings de criptomoedas atualizado em 31 de julho, o CCID (China Electronic Information Industry Development) classificou o EOS no 1.º lugar entre outras 37 criptomoedas.

O CCID explicou que o modelo de avaliação utilizado não mudou e os projetos ainda estão sendo avaliados, em geral, bem como em outras três áreas: Tecnologia Básica, Aplicabilidade e Criatividade.

O primeiro sub-índice, Tecnologia Básica, avalia principalmente o nível de realização técnica da rede pública, detalhou o centro, acrescentando que inspeciona principalmente áreas como função, desempenho, segurança e descentralização da rede pública. Este sub-índice representa 65% do índice total. “A média do índice geral de tecnologia subjacente diminuiu ligeiramente em relação ao período anterior”, revelou o CCID.

O segundo sub-índice, Aplicabilidade, avalia principalmente o nível abrangente de suporte da cadeia pública para aplicações práticas, o centro descreveu, acrescentando que este sub-índice é responsável por 20% do índice total. Quatro aspectos-chave são examinados para esta avaliação: “implantação de nodes, aplicação de carteira, suporte ao desenvolvimento e implementação de aplicativos.”

O terceiro sub-índice, Criatividade, examina principalmente a inovação contínua da cadeia pública. De acordo com o centro, para este índice, os projetos foram avaliados com base em fatores como o número de desenvolvedores, quão recente e frequentemente o código é atualizado e quais outros projetos influenciaram o código. Este sub-índice representa 15% do índice total.

Com isso as posições dos ranqueados mudaram significativamente, já que a EOS surpreendeu ao derrotar o Ethereum (ETH) pelo primeiro lugar, com 153,1 pontos. Tron (TRX) caiu para o terceiro lugar, sucedendo o Ethereum, que alcançou 148,6 pontos. Embora essas novas altcoins tenham demonstrado força com seu avanço tecnológico, Bitcoin surpreendeu e conquistou o 11.º lugar com 103 pontos.

Classificação top 10:

  1. EOS- 153.1 pontos
  2. Ethereum- 148.6 pontos
  3. Tron- 138.2 pontos
  4. NULS- 114.1 pontos
  5. GXChain- 110.7 pontos
  6. BitShares- 109.8 pontos
  7. Ontology- 108.3 pontos
  8. NEO- 106.7 pontos
  9. STEEM- 106.4 pontos
  10. Cosmos- 105.6 pontos

Embora a China tenha proibido as moedas digitais em 2017, não podemos dizer que o país não é pró-blockchain. Com o tempo, o interesse da China pelas criptomoedas aumentou. Recentemente, o CEO da Huawei, Ren Zhengfei, disse que a China deveria criar sua própria criptomoeda apoiada pelo Estado. A China também está liderando a pesquisa em blockchain à frente dos Estados Unidos. Além disso, o Bank of China, um dos maiores bancos comerciais estatais do país, publicou um infográfico em 26 de julho sobre Bitcoin, como funciona e porque o preço está subindo. O mercado vê esse movimento com otimismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here