O Poder executivo fará estudos para implementar Bitcoins nas finanças da cidade

Segundo o Jornal Estado de São de Paulo, o prefeito Marcelo Crivella solicitou que a sua equipe estudasse a implementação do Bitcoin no estado de Rio de janeiro. Dessa forma, confira neste post da G44 Brasil.

O próprio prefeito teria solicitado à procuradoria o estudo de como o Bitcoin poderia ser usada no setor financeiro do município. Nas palavras de Crivella: “Historicamente, o mundo sempre se concentrou em três fatores básicos: armas, moedas e ideias”, disse.

O prefeito, que tomou posse em 2017, lembrou ainda que a criação da Libra Esterlina, especialmente depois da reforma no séc. XVII por Isaac Newton, fez com que os ingleses dominassem o mundo na época.

Criptoeconomia aplicada ao Estado

Segundo a reportagem, o prefeito do Rio acredita que a criptoeconomia irá extirpar intermediário nas transações financeiras ao redor do globo. Disse ainda que, devido a descentralização do mercado, o dólar americano seria uniformizado, devido às exigências da nova economia.

Antes do projeto sugerido por Crivella, porém, Teresina, capital do Piauí, anunciou em junho que tentará implantar a tecnologia blockchain no sistema de transporte público municipal. O objetivo é usar a tecnologia oriunda do white-paper de Satoshi Nakamoto para armazenar informações de passageiros, relatórios de viagem, ocorrências, etc.

Na ocasião, Gabriela Uchoa, coordenadora da Agenda 2030, em parceria com a Secretaria de Planejamento de Teresina (Semplan) disse que a ideia era monitorar e validar informações via blockchain. Ainda não há, porém, data para previsão desses testes.

7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here